CMDCA de Jundiaí “faz bonito” na campanha nacional de combate ao abuso e exploração sexual

Nesse domingo – 18 de maio – o Parque da Cidade foi palco de várias atividades alusivas ao ‘Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes’, que começaram com o ato de mobilização na noite de quinta-feira (dia 15) na Câmara Municipal de Jundiaí.

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA de Jundiaí -, desde as vésperas do carnaval deste ano está mobilizado na promoção da campanha nacional ‘Faça Bonito. Proteja nossas Crianças e Adolescentes’, que marca o 14º ano do ‘Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes’ – 18 de Maio -, data instituída pela Lei Federal 9.970/00 para demarcar a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes no território brasileiro.

O lindo dia de domingo no Parque da Cidade de Jundiaí abriu espaço para a cidadania de centenas de crianças, adolescentes, jovens e adultos, que tiveram a oportunidade de participar da caminhada e das atrações culturais alusivas à data – 18 de maio. Por meio da conscientização, os eventos organizados pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA de Jundiaí – buscam combater a exploração e a violência sexual contra crianças e Adolescentes na cidade.

Após a caminhada, marcada pelas diversas manifestações de apelo à população, com faixas e cartazes chamando atenção da necessidade de denúncia para que casos e suspeitos sejam investigados, todos se concentraram em frente ao palco do Parque da Cidade, onde diversas atrações focadas no tema atraíram a atenção das famílias que se deliciavam no acolhedor Parque da Cidade.

As atrações realizadas por alunos do Projeto Guri de Jundiaí; da Emeb Rotary Club; do Centro de Defesa da Criança e do Adolescente – CEDECA Jundiaí; da Pastoral do Menor; e por artistas do Grupo Cubo Mágico, que levaram ao evento o ‘Projeto Ladrão da Alegria’, alegraram, encantaram e conscientizaram crianças, adolescentes, jovens e adultos sobre o tema, através de brincadeiras, danças, música, teatro e interatividade.

A presidente do CMDCA de Jundiaí, Claudia HonorioTofoli, agradeceu todas as parcerias, sindicato dos Bancários, Setor Alimentícios de Jundiaí e região,  técnicos, professores, alunos e entidades que participaram da campanha. “Nós esperamos que esse movimento e as dezenas de pessoas que participaram, tornem-se multiplicadores dessa causa para que possamos continuar salvando vidas”, provoca Claudia ao concluir: “Quem deixa de denunciar qualquer caso ou suspeita também está violentando. Se alguém suspeitar de qualquer abuso ou violência envolvendo crianças e adolescentes, denuncie. Disque 100 ou entre em contato com o Conselho Tutelar” alerta.

Debate e palestras na Câmara

Na noite da quinta-feira – dia 15 de maio – o CMDCA de Jundiaí reuniu autoridades, técnicos, representantes de entidades, escolas e sociedade civil para debaterem o tema na Câmara Municipal de Jundiaí. A mesa dos trabalhos foi composta pelo prefeito Pedro Bigardi; secretária municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, Marilena Negro; promotor de Justiça do Ministério Público do estado de São Paulo, Dr. Mauro Vaz de Lima; representante da presidência do legislativo jundiaiense, vereador Celso Arantes e pela presidente do CMDCA de Jundiaí, Dra. Claudia HonorioTofoli, que apesar de reconhecer a evolução, considerou que ainda há muitos desafios a serem superados.

O prefeito Pedro Bigardi, apesar de reconhecer o trabalho da Semads e do Conselho, alertou que as ações não devem se concentrar em apenas uma secretaria. “O Conselho tem atuado amplamente com ações importantes em todas as demandas que envolvem as crianças e os adolescentes em nossa cidade, assim como o trabalho da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social vem sendo fundamental, mas é preciso que tenhamos ação em todas as secretarias e órgão públicos”, alerta Bigardi.

Em seu segundo módulo, o evento promoveu maior conhecimento sobre as estatísticas de violência contra crianças e adolescentes na cidade, além das causas e dos perfis dos agressores, através das palestras da assistente social da Vigilância Epidemiológica do Município de Jundiaí – Roberta Ribeiro; assistente social do Ambulatório de Saúde da Mulher do Município de Jundiaí – Ana Paula de Oliveira Moreira; investigadora da Delegacia de Defesa da Mulher – Rosita Lopes Veras de Carvalho; e da doutora em Psicologia Social pela Universidade de São Paulo e conselheira do CMDCA de Jundiaí –Rose Meire Mendes de Almeida.

Entre os números destacados pelas palestrantes, que são considerados subnotificados, já que grande parte ainda são denunciados, noticiados às autoridades competentes, está a triste realidade de que 34% dos casos de crimes contra as crianças e adolescentes na cidade de Jundiaí, são praticados dentro da própria família, sendo 16% pelos próprios pais e 18% por pessoas dentro do relacionamento familiar. As estatísticas levantadas nos últimos três anos mostram ainda que 74% dos casos são praticados contra meninas e 26% deles aos meninos. “Se as pessoas se conscientizarem e noticiarem ou denunciarem, certamente esses números vão mudar e se aproximar cada vez mais da realidade”, garante a assistente social da Vigilância Epidemiológica do Município de Jundiaí – Roberta Ribeiro.

O promotor de Justiça do Ministério Público do estado de São Paulo, Dr. Mauro Vaz de Lima, fez o seguinte alerta em seu pronunciamento: “É importante e urgente atacarmos às causas. Se recebemos amor damos amor; se recebemos chicotadas, distribuímos chicotadas. O direito da criança e do adolescente no Brasil é tratado como quinta categoria, o que aumenta nossa responsabilidade. Ao conhecer um caso ou desconfiar de um potencial agressor, não fique calado, disque 100 e diga o que está acontecendo”, alerta o Dr. Vaz de Lima.

Além do ‘Disque 100’, na cidade de Jundiaí você pode também ligar para os telefones: (11) 4521.6179; 4526.7726; 9 7116.4708 e 9 7407.4816, dos Conselhos Tutelares do município.

Veja as fotos (clique para ampliá-las)

[nggallery id=1]

Osvaldenir Stocker

Publicada em 23/05/2014


Secretaria Executiva dos Conselhos

R. Senador Fonseca, 605
Centro - Jundiaí
CEP: 13.201-017
Telefones: (11) 4497-0008 / 4522-0333
ramal 422


Prefeitura de Jundiaí
CMDCA | Desenvolvido por CIJUN