MP baiano lança Campanha de Combate à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes

A sétima edição foi lançada nessa quinta (dia 6). Desde sua criação em 2005, a campanha tem o objetivo de conclamar a população baiana a denunciar os casos de abuso e exploração sexuais por meio do Disque 100.

 

CARTAZ_40x60cm

A violência sexual contra crianças e adolescentes é crime e provoca graves consequências para o desenvolvimento físico, psicológico e social de suas vítimas. Com o objetivo de sensibilizar a população baiana frente à grave situação vivenciada diariamente por crianças e adolescentes que são vítimas deste crime, o Ministério Público do Estado da Bahia lançou nessa quinta-feira, dia 6, a sétima edição da “Campanha de Combate à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes”. O evento aconteceu no gabinete da Procuradoria-Geral de Justiça na sede do MP, no Centro Administrativo da Bahia.

Por meio da campanha, protagonizada pela cantora Ivete Sangalo, o MP conclama a comunidade a denunciar os casos de violência através do canal disponibilizado pela Secretaria Especial de Direitos Humanos (SDH) da Presidência da República, o Disque 100. Essa colaboração é essencial para que o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes não continuem impunes e também para que os agressores não façam novas vítimas.

Desde 2008, diversos artistas baianos têm colaborado com a campanha, cedendo sua imagem sem qualquer cobrança de cachê artístico. Já participaram: Claudia Leitte, Bell Marques, Durval Lélys, Margareth Menezes, Carlinhos Brown e Tatau. A partir de 2011, a campanha passou a ter como protagonista a cantora Ivete Sangalo. As peças publicitárias da campanha de 2014 trazem a artista fazendo um apelo: “Violência sexual contra crianças e adolescentes é crime. Não dá pra fingir que não vê”.

Índices:

O número de denúncias de violência sexual tem crescido consideravelmente na Bahia. Em 2005, foram registradas 225 denúncias. Hoje, o número de denúncias já chega a 3.443 (somando-se todo o ano de 2013 mais o mês de janeiro de 2014). Os municípios de maior incidência de denúncias nos últimos anos foram: Salvador, Feira de Santana, Itabuna, Camaçari, Ilhéus, Porto Seguro, Vitória da Conquista, Simões Filho, Lauro de Freitas, Alagoinhas e Teixeira de Freitas. Atualmente, segundo a SDH, a Bahia lidera o número de denúncias de violência sexual contra crianças e adolescentes informadas pelo Disque 100, demonstrando a importância da campanha para estimular as pessoas a denunciarem.

Considerando que a violência sexual precisa ser enfrentada com maior ênfase, o Ministério Público baiano, além de contar com o apoio dos artistas, buscou o apoio dos veículos de comunicação para maior difusão e fortalecimento da campanha O objetivo é conquistar maior sensibilização da sociedade. As peças publicitárias serão veiculadas em espaços comerciais dos meios de comunicação baianos de 6 de fevereiro a 5 de março, especialmente no período do Carnaval.

FONTE: Ascom/MP

Publicada em 11/02/2014


Secretaria Executiva dos Conselhos

R. Senador Fonseca, 605
Centro - Jundiaí
CEP: 13.201-017
Telefones: (11) 4497-0008 / 4522-0333
ramal 422


Prefeitura de Jundiaí
CMDCA | Desenvolvido por CIJUN